• TMC London Accountants

Começar um novo Negócio na Inglaterra, qual estrutura devo escolher?

Então, você teve a melhor ideia de negócio do ano, falou com alguns amigos e decidiu ir em frente. Agora a grande questão é como começar?


Uma coisa em que você precisa pensar desde o início é como estruturar seu negócio. Você precisa se registrar na Companies House e abrir uma empresa limitada? Você quer evitar todo o aborrecimento e apenas funcionar como “autonômo”? Ou você está entrando em um negócio com outras pessoas e, portanto, deseja uma parceria?


Fique com a gente, neste artigo iremos analisar as vantagens e desvantagens de cada opção.

Por TMC LONDON ACCOUNTANTS - Outubro 2021


As coisas que você precisa considerar são:


Qual o formato de tributação de cada opção?

Quais são os riscos?

Qual é a burocracia?


1. Autonomo (Self Employed)

Esta é a maneira mais fácil de começar. Tudo o que você precisa fazer é entrar em contato com o HM Revenue & Customs e informá-los de que agora você é autônomo (observe que você precisa fazer isso mesmo se também for empregado de outra empresa).


Formato de tributação: multa se você estiver tendo lucros abaixo do subsídio pessoal. Se seus lucros forem maiores, considere a criação de uma sociedade limitada.


Quais são os riscos: você tem responsabilidade ilimitada - então, se tudo der errado, todos os seus bens pessoais podem estar em risco, incluindo sua casa.


Burocracia: os requisitos de conformidade anual para um autonômo (Self Employed) são diretos. Você não precisa publicar contas, tudo o que você precisa fazer é enviar uma declaração de imposto de renda uma vez por ano (prazo até 31 de janeiro, se for preenchida online). Você é tributado sobre seus lucros como renda e está sujeito às Contribuições de Seguro Nacional de Classe 2 e, potencialmente, de Classe 4.


2. Sociedade entre dois autonômos (Partnership)

Isso é muito semelhante a ser um Autonômo, exceto que você está negociando com uma ou mais pessoas. Não há exigência de um acordo formal de parceria, mas você definitivamente deve considerar ter um, pois isso pode evitar problemas no futuro.


Qual o formato de tributação de imposto: novamente multa se cada um de vocês estiver tendo lucros abaixo do subsídio pessoal, uma vez que os lucros sejam alocados a cada parceiro. Se seus lucros forem maiores, considere a criação de uma sociedade limitada.


Quais são os riscos: cada sócio pode ser pessoalmente responsabilizado por todas as dívidas do negócio, mesmo que a dívida seja causada por outro sócio. E a menos que você estruture sua parceria como uma sociedade de responsabilidade limitada, você novamente tem responsabilidade ilimitada, de modo que cada parceiro arrisca todos os seus bens pessoais se as coisas derem errado.


Quão complicado: além dos requisitos do Self Employed individual, você também precisa notificar o HMRC de que estabeleceu uma parceria e terá que preencher uma declaração de imposto de parceria, além de sua própria declaração de imposto de renda.


3. Empresa Limitada

Uma sociedade limitada é uma estrutura jurídica separada. Para abrir uma empresa limitada, você deverá registrá-la na Companies House. Uma empresa emite ações, portanto, se você tem negócios com uma ou mais pessoas, pode decidir antecipadamente quantas ações cada um terá.


Formato de tributação: a empresa terá de pagar imposto sobre as sociedades sobre seus lucros. Você terá muito mais flexibilidade nas formas de realizar lucros da empresa, o que significa que você pode fazê-lo de uma forma muito mais eficaz em termos tributários - ou seja, você pode pagar menos impostos do que pagaria como um autonômo.


A maioria dos proprietários de empresas tira algum dinheiro como salário (o que significa que a empresa é um empregador, tem que pagar ao seguro nacional dos empregadores) e algum dinheiro como dividendos. Os dividendos são tributados a uma taxa mais baixa do que os rendimentos comerciais ou de emprego.


Quais são os riscos: você se separa imediatamente (e seus ativos pessoais) da empresa. Se algo der errado, sua responsabilidade máxima é a quantidade de dinheiro que você investiu na empresa.


Quão complicado: os requisitos regulamentares para uma sociedade limitada são muito mais onerosos do que para um autonômo (Self Employed). A empresa tem de apresentar um relatório anual à Companies House, tem de preparar e publicar as contas estatutárias anuais. Além disso, uma declaração de imposto corporativo deve ser apresentada ao HMRC.


Conclusão

A resposta certa depende de suas circunstâncias. Se você espera que seus lucros não sejam significativos, estabeleça-se como um autonômo ou sociedade se estiver abrindo negócios com uma ou mais pessoas. Se você espera que seus lucros sejam superiores ao subsídio pessoal, considere abrir uma sociedade limitada.


Ainda tem dúvidas sobre qual é a melhor estrutura para o seu negócio?

Entre em contato com a nossa equipe agora mesmo e tire todas as suas dúvidas. Clique no Banner abaixo e você será direcionado para o whatsapp.